quarta-feira, 1 de abril de 2015

Livro Solidário recebe doações de livros infantis para Espaços de Leitura

Mais de cem livros infantis foram doados, nesta quarta-feira, 01, por uma funcionária da Imprensa Oficial do Estado (IOE). Os livros foram arrecadados durante a festa de aniversário do filho da procuradora Ana Luiza da Silva, que pediu de presente aos convidados, livros infantis para serem doados ao projeto Livro Solidário, coordenado pela IOE, em parceria com o Núcleo Articulação e Cidadania, do governo do Estado. As edições vão compor os acervos dos Espaços de Leitura, mantidos pelo projeto social que funcionam em escolas, associações e repartições públicas e privadas.

A procuradora ressaltou a importância da doação: “A leitura transforma a vida das pessoas, e abre novas janelas para se compreender o mundo”, destacou. O acervo doado é composto de clássicos infantis, livros ilustrados e para colorir. O exemplo de Ana Luiza deve ser seguido por quem compreende a importância da leitura na formação da cidadania de crianças, jovens e adultos, ressaltou a técnica do Livro Solidário, Lucila Girão.
O próximo Espaço de Leitura a ser implantado pelo projeto será na Escola Estadual de Ensino Fundamental e Médio “Mário Barbosa”, na Terra Firme. A escola foi reformada e foram realizadas as adequações para o Espaço conforme orientação da engenheira da Sedop em parceria com a IOE. A escola também vai receber o Sarau Livro Solidário no dia 1 de junho, que terá a participação da escritora Bia Bedran que ministrará uma aula-espetáculo para os alunos e professores da escola. A escritora virá a Belém a convite da Imprensa Oficial para participar da Feira Pan-Amazônica do Livro.

Se você tem livros (novos e/ou usados), revista e gibis e quer doar. Doe para o Livro Solidário. É só entrar em contato pelos telefones (91) 4009-7800/7847 ou comparecer na sede da Imprensa Oficial, localizada na Travessa do Chaco, nº 2271.
 

quinta-feira, 19 de março de 2015

Livro Solidário recebe doações de livros em braile

O Livro Solidário recebeu mais de 700 livros em braile, doados pela Rede Celpa. Os livros A Semente da Verdade, A Felicidade das Borboletas, e O Grande Dia, de autoria da escritora Patrícia Engel Secco e ilustrados por Daniel Kondo e Edu A. Engel, serão doados para o programa Pro Paz, do governo do Estado, que por sua vez, fará doação para o Unicef, que trabalha com pessoas com deficiências visuais.


Se você tem livros (novos e/ou usados), revista e gibis e quer doar. Doe para o Livro Solidário. Essas publicações vão compor os acervos dos Espaços de Leitura. Para fazer doações, é só entrar em contato pelos telefones (91) 4009-7800/7847 ou comparecer na sede da Imprensa Oficial, localizada na Travessa do Chaco, nº 2271

terça-feira, 17 de março de 2015

Jovens atendidos pela Fasepa recebem doações do projeto Livro Solidário


Cerca de sessenta jovens internos na Unidade da Fundação de Atendimento Socioeducativo do Pará (Fasepa), em Benevides, Região Metropolitana de Belém, receberam, na manhã desta terça-feira, 17, cem livros doados pelo projeto Livro Solidário, coordenado pela Imprensa Oficial do Estado.  As obras vão atender ao acervo do Espaço de Leitura que funciona naquela unidade, inaugurado pelo projeto em 2012.

As doações foram resultado da campanha de arrecadação de livros (novos e usados), revistas e gibis promovida pela IOE, em parceria com a Cultura Rede de Comunicação, para compor os acervos dos Espaços de Leitura que funcionam em escolas, hospitais, e instituições públicas e privadas.

Os livros e mangás vão atender aos jovens que cumprem medidas socioeducativas no espaço onde participam de atividades como capoeira, hip hop, encenações teatrais e oficinas profissionalizantes. Segundo o coordenador pedagógico da Fasepa, José Augusto, o Espaço de Leitura contribui para ampliar as atividades pedagógicas, com estímulo à criatividade e ao raciocínio dos jovens.

Outras doações - O Livro Solidário também vai doar livros para o Movimento dos Contadores de Histórias da Amazônia, durante o III Festival Pororoca de Histórias, que acontece na próxima sexta-feira, 20, na Fundação Cultural do Pará (Centur); e no dia 21, no Museu Paraense Emílio Goeldi. O evento faz parte das comemorações pelo Dia Internacional do Contador de Histórias.
 

Livro Solidário lança vídeo de arrecadação de livros para Espaços de Leitura

video

segunda-feira, 16 de março de 2015

Livro Solidário vai implantar Espaço de Leitura em escola na Terra Firme

A Imprensa Oficial do Estado, por meio do projeto Livro Solidário, vai implantar, no próximo dia 27, mais um Espaço de Leitura. Será na Escola Estadual de Ensino Fundamental e Médio “Mário Barbosa”, na Terra Firme. A escola foi reformada e foram realizadas as adequações para o Espaço conforme orientação da engenheira da Sedop em parceria com a IOE.

A escola também vai receber o Sarau Livro Solidário no dia 1 de junho, que terá a participação da escritora Bia Bedran que ministrará uma aula-espetáculo para os alunos e professores da escola. A escritora virá a Belém a convite da Imprensa Oficial para participar da Feira Pan-Amazônica do Livro.

quinta-feira, 5 de março de 2015

Imprensa Oficial lança Sarau e Campanha do projeto Livro Solidário

Foram lançados nesta quinta-feira, 5, na sede da Imprensa Oficial do Estado, o Sarau Livro Solidário e a Campanha de arrecadação de livros que fazem parte da retomada das atividades do projeto Livro Solidário. A campanha começa a ser veiculada a partir desta sexta-feira, 6, pela TV e Rádio Cultura do Pará.  O sarau ocorrerá no período da Feira do Livro, que começa no final de maio.
O lançamento contou com a participação da primeira-dama do Estado, Ana Jatene. Na ocasião, ela ressaltou a dimensão que o projeto ganhou depois que passou a ser coordenado pela Imprensa Oficial. Lembrou que o projeto foi criado em 2003, na primeira gestão do governador Simão Jatene e foi retomado em 2011. “Estou muito feliz de ver que esse projeto ganhou vida própria e que ganha, agora, mais uma ação importante: o Sarau que vai mobilizar alunos e professores”, destacou.
O presidente da IOE, Cláudio Rocha, destacou a importância do Livro Solidário que tem como foco o incentivo à leitura, principalmente entre alunos e professores de escolas e instituições públicas.  Durante o lançamento foram exibidos dois vídeos institucionais sobre os Espaços e Carrinhos de Leituras. “É muito gratificante ver a mudança que o projeto tem provocado nas pessoas que estão envolvidas com o objeto livro, principalmente por estar focado no voluntariado”, destacou. “A expectativa é muito grande com o Sarau que vai mobilizar os Espaços de Leitura e vai acontecer paralelo à Feira Pan-Amazônica do Livro, a nossa maior festa literária”, completou.
A vice-diretora da Escola Lar de Maria – uma das escolas participantes do projeto -, Socorro Cantanhede, informou que os professores e alunos estão preparando uma grande surpresa que será conhecida no dia 1º de junho, data em que será realizado o Sarau Livro Solidário na escola. “Na nossa escola, os livros doados pelo Livro Solidário atendem não só os alunos, mas também os pais dos alunos que são alfabetizados com a leitura dessas obras que eles levam para suas casas por meio de empréstimos”, contou.
O evento encerrou com uma apresentação artística da aluna da Escola Lar de Maria, Andreza Gomes de Lima, de 11 anos. “Essa é só uma pequena demonstração do talento que podemos descobrir com a realização do Sarau Livro Solidário”, comentou a coordenadora do projeto, Carmen Palheta.
Também estiveram presentes ao lançamento, além do presidente da IOE, Cláudio Rocha, a presidente da Funtelpa, Adelaide Oliveira; o presidente do Imetropará, Jorge Rezende; a diretora do Núcleo de Articulação e Cidadania, Danielle Kayath e a coordenadora do Livro Solidário, Carmen Palheta. Também estiveram presentes o diretor de Jornalismo da TV Cultura, Tim Penner, que coordenou o vídeo da campanha; as vice-diretoras da Escola Lar de Maria, Socorro Cantanhede e a da Escola Panorama XXI, Márcia Lobato; além de servidores da autarquia e outros convidados que também prestigiaram o evento.

O Sarau – Trata-se de um projeto  que  visa  estimular  a  realização  de  atividades  voltadas  para  a produção de poesias, contos, peças de teatro, desenhos e demais manifestações artísticas que sejam resultado da leitura de livros em sala de aula ou nos espaços de leitura já existentes. Toda essa produção será exposta à comunidade durante o Sarau, momento em que os alunos vão apresentar seus talentos sob vários formato. O evento vai no período da Feira  Pan-Amazônica do  Livro, entre os dias 1º a 5 de junho de 2015, nas dependências das escolas.

Fotos: Fernando Sette







Imprensa Oficial do Estado lança o Sarau Livro Solidário


A Imprensa Oficial do Estado, por meio do projeto Livro Solidário, lança nesta quinta-feira, 5, às 10 horas, na sede da autarquia, o projeto Sarau “Livro Solidário”. A iniciativa busca estimular a realização de atividades voltadas à produção de poesias, contos, peças de teatro, desenhos e demais manifestações artísticas que sejam resultado da leitura de livros em sala de aula ou nos espaços de leitura implantados pelo projeto.
Toda essa produção será exposta à comunidade durante o Sarau, momento em que os alunos vão poder mostrar o seu talento sob vários formatos: poesias, memórias literárias, histórias em quadrinhos, desenhos, ilustrações e outras expressões artísticas. A proposta é que o Sarau aconteça paralelamente à Feira Pan-Amazônica do Livro, entre os dias 1 e 5 de junho, nas dependências da própria escola selecionada, quando a comunidade também será convidada a participar e prestigiar.
Segundo a coordenadora do projeto, Carmen Palheta, ficará a critério das escolas decidirem que tipo de arte será trabalhada em sala de aula. A produção dos alunos terá o suporte de livros, revistas e gibis doados pelo Livro Solidário, ou outras edições que façam parte do acervo dos Espaços de Leitura das escolas participantes.
Carmen reforça que esse é um desdobramento das ações dos Espaços de Leitura, para incentivar o hábito entre os alunos das escolas estaduais na volta do ano letivo, além de fazer uma conexão com o principal evento literário do Norte do país: a Feira Pan-Amazônica do Livro. “A ideia é que a produção artística resultante do Sarau se transforme em algum produto literário que tenha a chancela da Imprensa Oficial do Estado, por intermédio do nosso parque gráfico”, reforça a coordenadora.
Livro Solidário – Desde 2011 o projeto Livro Solidário vem estimulando a leitura em várias comunidades e escolas da Região Metropolitana de Belém, o que já resultou na implantação de seis Espaços de Leitura e doação de aproximadamente 13.500 livros para mais de 30 instituições.
Serviço: Lançamento do Sarau Livro Solidário. Dia 5 de março, às 10 horas, na sede da IOE (Travessa do Chaco, nº 2271). Contato: (91) 4009-7800 / 7847.